Luto com a perda de um Pet: Como Lidar da melhor forma?

Perder um serzinho amado pode causar grande sofrimento. E o luto trata-se exatamente disso: lidar com tristeza e pesar diante da morte ou perda de algo ou alguém precioso. E é preciso permitir-se viver esse momento.

Apesar de socialmente não sermos muito estimulados à lidar com o luto com a perda de um pet, negar esse processo pode ser um caminho bem mais doloroso e difícil de ser superado.

Então, que tal começar reconhecendo e acolhendo o quanto seu bichinho era amado por você, fazia parte da sua vida, da sua família e da sua rotina? E a partir disso, permitir-se sentir! Sentir o que vier, acolher e viver as emoções que vierem ao seu modo. Não tem um jeito certo, não existe uma fórmula mágica para superar esse momento, existe o Seu jeito de lidar com.

Permita-se viver a dor quando doer; sentir alegria quando lembrar dos bons momentos; tristeza quando rever as fotos e vídeos e der saudade; raiva quando achar injusto a partida; paz e tranquilidade quando sentir-se bem; momentos felizes quando estiver pronto.

Acolha seus sentimentos e emoções sem julgamentos e cobranças, permita que o tempo opere, que os familiares e amigos sejam apoio e que cada momento seja vivido por vez, de forma respeitosa e honesta com você mesmo.

Caso sinta que precise de uma forcinha a mais para suportar esse momento, busque ajuda de profissional especializado em escuta neutra, acolhimento respeitoso e ético. Nós psicólogos estamos prontos à te acolher e te apoiar.

Psicóloga Ranielly Rangel
CRP 11/09181 – Psicóloga Clínica. Estudiosa de temas como autocuidado , autoconhecimento e feminino. Pós-graduada em Clínica Psicanalítica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *