FORTALEZA
BUSCA POR SERVIÇOS
Ver todos

COLUNISTAS >

Xô preguiça: como incentivar o seu gatinho a se exercitar

Um gatinho obeso corre maiores riscos de desenvolver uma série de doenças. Por isso, veja algumas dicas para ele deixar de preguiça e se exercitar!

Por - 29 de junho de 2015

Os gatos tem fama de serem bastante preguiçosos e, realmente, são capazes de dormir por horas a fio, principalmente quando passam o dia sozinhos e também não possuem companhia de outros animais. Porém, é importante que o dono tente incentivar alguns exercícios e brincadeiras, pois se exercitar, mesmo que alguns minutos por dia, pode trazer muitas vantagens para o seu felino!

gatinho-exercitando-focinhos-urbanos

A movimentação do seu gatinho irá auxiliar no fortalecimento dos músculos e membros, estimular a circulação sanguínea, despertar o instinto de caça e melhorar o comportamento geral, reduzindo o estresse. Além disso, ajuda a prevenir a obesidade, quadro bastante comum em gatos e que pode levar a doenças cardiovasculares. Os exercícios também auxiliam no gasto natural das unhas, muitas vezes não sendo necessário cortá las, o que pode gerar um estresse no animal. Se um gato fica muito tempo sozinho e entediado, pode desenvolver quadros de ansiedade, depressão e passar a se lamber compulsivamente, arrancando os pelos ou até parando de se alimentar.

Existem várias formas de incentivar o seu gato a se movimentar, além de existirem muitos brinquedos interativos próprios para a espécie, que são capazes de aguçar os mais variados sentidos. Como exemplo temos os arranhadores, que são feitos de material próprio para auxiliar no gasto das unhas, além de ratinhos, bolinhas com guizo, varas com iscas nas pontas, tocas, túneis e mais uma grande variedade de produtos. Alguns brinquedos possuem em sua composição a erva do gato, ou cat nip, que os deixam ainda mais atraentes. Existem os gatos que irão preferir distrações mais simples, como bolinhas de papel e caixas de papelão, o importante é que seja interessante para o felino. Nunca ofereça novelos de lã, pois podem engolir a linha, o que irá ocasionar um grave problema de saúde.

Gatos gostam de altura, sendo assim, é possível deixar o ambiente deles mais atrativo com uso de prateleiras e nichos, que podem formar um ou vários circuitos para que eles possam observar tudo do alto. Nunca deixe o seu gato sair de casa para se exercitar, pois os riscos de acidentes e contágio de doenças são enormes. O melhor é mantê-lo seguro em casa e deixar o ambiente ideal para ele. Evite exercitá-lo nos horários mais quentes, o horário mais apropriado é sempre a noite. Por fim, lembre se: o sedentarismo não é bom para você, assim como não será para o seu gatinho. Mantenha-o ativo, movimento é vida!

 

SOBRE O COLUNISTA

dra-raquel-garcia

Médica veterinária formada pela Ufersa. Possui atualização em clínica médica de felinos. Realizou pesquisas com castração pediátrica em felinos domésticos. Sócia da Pró-Vida Animal clínica veterinária.

Ver todas as suas publicações

 

COMENTÁRIOS

FOCINHOS NAS REDES

Copyright 2015 - Todos os direitos reservados à focinhosurbanos.com.br