Como distrair o seu gatinho em casa

Os gatos são animais mais caseiros. Mas, ao contrário do que muitos pensam, os gatinhos também sentem falta do dono e gostam de brincar e se divertir. Mas, o que fazer quando você precisa sair e o animal tem que ficar sozinho dentro de casa a maior parte do tempo? A dica é deixar o ambiente com elementos que estimulem as brincadeiras do seu bichano. Veja algumas dicas:

 

prateleiras-gatos-em-casa-focinhos-urbanos

 

1) Prateleiras: os gatos adoram subir nas coisas e inventarem caminhos pela casa. As prateleiras são ótimas pois eles têm o desafio de pular e descobrir novos cantinhos para dormir ou até brincar. Que tal deixar algumas prateleiras em locais mais altos da casa e livre de objetos que possam quebrar? Já existem no mercado algumas próprias para os bichanos.

 

2) Passagens entre cômodos: essa é uma ótima dica para quem está se mudando ou reformando uma nova casa. Se possível, crie pequenas passagens entre cômodos. Essa atividade vai ser super atrativa para os gatinhos, que irão se sentir verdadeiros exploradores. Hoje em dia não é tão complicado de fazer, principalmente naquelas paredes que são de gesso.

 

3) Arranhadores próprios: os arranhadores, hoje em dia, são objetos indispensáveis na casa de quem possui um gatinho. Além deles arranharem as unhas, evitando que estrague boa parte dos seus móveis, os arranhadores possuem formatos pensados especialmente para os gatinhos dormirem e brincarem.

 

4) Improvise nos brinquedos: os pet shops estão cheios de brinquedos próprios para os gatinhos, mas eles são animais tão incríveis que adoram brincar com o que tem de mais simples, como caixas de papelão e garrafas pet. Que tal improvisar nos brinquedos e enrolar uma corda na garrafa pet? Ou até fazer uma casinha toda especial com uma caixa de papelão. O seu gato vai amar e se sentir muito especial.

 

Gostou das dicas? Compartilhe com a gente se alguma delas deu certo pra você! Não se esqueça, se mesmo assim o seu gatinho aparentar apatia e tristeza por estar sozinho, procure um médico veterinário ou, quem sabe, uma nova companhia para ele brincar enquanto você não está em casa!