Outubro Rosa também para os animais!

A cor do mês de outubro é rosa! Durante este mês todo o mundo está voltado para a campanha “Outubro Rosa”, que visa promover os cuidados e a importância dos exames preventivos ao câncer de mama em mulheres. Porém, porque não aproveitar o tema para alertar também todas as mamães de cadelas e gatinhas para a importância do tema? Afinal, a doença também atinge as nossas companheiras.

 

Banner_G_Outubro-Rosa

 

O câncer de mama é uma doença bastante agressiva, sendo cada vez mais diagnosticada em cadelas e gatas. Infelizmente, o índice de neoplasias mamárias de caráter maligno chega atualmente a 60% em cadelas e 80% em gatas. Esse é um número bastante preocupante, atingindo especialmente os animais acima dos 5 anos de idade. Por isso, a prevenção é de extrema importância para que o animal tenha mais chances de cura.

 

Os principais fatores para o aparecimento dessa doença são os hormonais, seguido da alimentação e dos fatores genéticos. As fêmeas obesas são mais suscetíveis ao câncer de mama do que aquelas que se encontram com o peso adequado. Por isso, o primeiro passo para a prevenção parte dos cuidados diários com o animal.

 

outubro-rosa-focinhos-02

 

Quais são as principais formas de prevenção?

 

O diagnóstico precoce é a melhor forma para combater a doença de forma efetiva. Assim, evita-se a metástase, que afeta principalmente os pulmões, demais mamas e outros órgãos da fêmea. Os papais e mamães de gatinhas e cadelas devem, além de ter um rotina de visitas ao médico veterinário, apalpar as mamas do animal para observar a presença de nódulos ou cistos. Esse gesto deve ser feito ao menos uma vez ao mês. Ao observar qualquer alteração, leve a sua companheiro imediatamente ao veterinário, que irá indicar os exames necessários para confirmar o tumor.

 

Outra maneira para prevenir o câncer de mama, tanto em cadelas quanto em gatas, é a castração pediátrica. Estudos indicam que as fêmeas que são castradas antes mesmo do primeiro cio têm até 90% menos chances de adquirir a doença. Aquelas que são castradas após o primeiro cio as chances caem para 78%.

 

Como é o tratamento?

Todos os animais são encaminhados para a cirurgia de remoção do tumor, onde o material recolhido é enviado para biópsia. Após o resultado desse exame, os veterinários saberão com exatidão o tipo e o grau do câncer, podendo dessa maneira estabelecer um tratamento específico, obtendo grandes chances de cura.

 

Cuidar bem do seu animalzinho é o principal sinal de amor que você tem por ele. Aproveite a campanha Outubro Rosa e leve também a sua cadelinha ou gatinha para uma avaliação veterinária preventiva. Mais saúde para o animal e muitos dias felizes para os papais.