Sabia que o sedentarismo e obesidade podem causar hiperlipidemia no seu pet? Saiba o que é isso!

A Hiperlipidemia é uma enfermidade caracterizada pelo aumento de triglicerídeos e/ou colesterol. Essa condição, na maioria dos pacientes, ocorre de forma secundária a distúrbios endócrinos, dieta alimentar desbalanceada ou de forma primária, em raças predispostas como Schnauzer.

A obesidade, em consequência da sobrecarga alimentar de carboidratos e gorduras, por exemplo, além do sedentarismo são fatores de risco para essa enfermidade.

Em cães, essa alteração pode ser relativamente comum, podendo ser indicador distúrbios endócrinos, como: Diabetes, Hipotireoidismo, Hiperadrenocorticismo.

Os níveis elevados de colesterol e/ou triglicérideos podem causar: lipidose corneana, hipertensão, convulsões, doenças hepáticas, renais e pancreatite.

Exames periódicos para dosagem sanguínea de colesterol e triglicérideos devem ser realizadas regularmente, em pacientes idosos, obesos e ainda nas raças predispostas, como Schnauzer.

Tenho diagnosticado com uma maior frequência, pois os  tutores passaram a alimentar os pets com uma dieta inadequada, utilizando a alimentação humana como petisco, acrescentando ao fato da maioria dos pacientes serem sedentários.

Podemos dizer que a obesidade e suas complicações são grandes problemas para os cães e gatos.

Uma boa conversa no momento da consulta, exame físico, achados nos exames complementares, como exames de sangue e imagem são fundamentais na avaliação e diagnóstico.

Dra. Glauce Medeiros

Médica veterinária formada pela FATENE. Pós-graduanda em Endocrinologia Veterinária. Membro da Associação Brasileira de Endocrinologia Veterinária – ABEV. Atua na clinica médica e cirúrgica de pequenos animais. Palestrante de eventos voltados aos tutores de pets com foco na Medicina preventiva. Formada também em  Administração e Pós-graduada em Gestão Escolar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *